Macaíba

"Macaíba terra amada/ Histórica é uma beleza/ Filhos ilustres aqui brotam/ Manancial de nobreza/ Desde a sua fundação/ Desse solo, desse chão/ Tidos como realeza."

Total de visualizações de página

domingo, 20 de agosto de 2017

“Grande obra” é realizada num “Lugar que não existe”



Um set de gravação maravilhoso, com atores maravilhosos, num lugar maravilhoso. É a sensação de encantamento que todos nós, da equipe de produção e direção do filme “Um lugar que não existe” vivenciou no dia de hoje, 20/08, em Lagoa do Sítio I. Uma dupla de atores formada por Adriano Nascimento (Bom Jesus) e Quinho (Cana Brava) literalmente deram um show de interpretação. De quebra, toda a equipe e moradores acompanharam a realização da “grande obra” feita na rua: a pintura do meio-fio.

  
 
  

 





 






quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Chegou causando



Na manhã desta quinta, 17/08, o centro de Macaíba literalmente parou para acompanhar a gravação da caminhada do candidato Mino. O set do filme “Um lugar que não existe”, do macaibense Hailton Mangabeira chegou causando, e a população aprovou. Com muita alegria e irreverência, que já é marca registrada da comédia dirigida por Lula Borges, toma o corpo da maior produção cinematográfica de todos os tempos da terra do “pisa na fulô”.
As gravações prosseguem no centro da cidade na sexta e sábado, com intervenções em diferentes espaços.
Durante a semana que vem, será a vez Vera Cruz, Bom Jesus, São Gonçalo do Amarante, Natal, Uruaçú e Santo Antônio do Potengi receberem a equipe de produção do longa-metragem.
A repercussão do filme que será lançado em dezembro/2017 tem sido impressionante, gerando uma expectativa enorme a cada set de gravação finalizado.
O terceiro filme do poeta macaibense, alçou, de vez, o município de Macaíba como um promissor polo cinematográfico do Rio Grande do Norte.
Dentro do projeto do filme, um dos objetivos é exibir em todas as comunidades do município, além do lançamento que acontecerá na sede municipal.